quarta-feira, 10 de outubro de 2018

PETECA: 10 ANOS DE EDUCAÇÃO E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL.

Nesta quarta-feira (10/10), a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará realizou Sessão Solene para comemorar os 10 anos de fundação do Peteca. Às vezes "parece que foi ontem". É que o tempo não para e parece passar mais rápido quanto mais intensas são nossas ações.

Por outro lado, quando pensamos nas milhares de atividades realizadas e nos milhões de pessoas que participaram ou que foram impactadas, de alguma forma, pelas ações do Peteca, temos a impressão de que foram bem mais de 10 anos de luta.

O fato é que foram muitas ações e muitas emoções, em 
quantidade e intensidade. Milhares de atividades foram realizadas. Muitos reconhecimentos foram feitos por órgãos, entidades e autoridades, em nível local, regional, nacional e internacional. Mas a principal satisfação vem da constatação   de redução trabalho infantil, em de 70%, nos primeiros 8 anos do programa, segundo o IBGE. Os dados dos últimos dois anos ainda não foram divulgados. 

Também é motivo de muita alegria perceber que o Peteca tem alcançado seus objetivos gerais: mobilização, sensibilização e conscientização da sociedade, a partir da comunidade escolar, fortalecimento da rede de proteção e das políticas públicas de prevenção e erradicação do trabalho infantil. 

É cada vez maior o envolvimento cada vez mais dos educadores, profissionais da assistência social, saúde, conselhos tutelares, conselhos de direito, além dos adolescentes que integram os comitês municipais, regionais, estaduais e municipais. 

Somos muito gratos às incontáveis pessoas que fizeram essa primeira década do programa. Desde aquelas que nos ajudaram a traçar as primeiras linhas do Peteca até as que se juntaram ao grupo recentemente. Muitas entraram e saíram logo, outra permaneceram por  longo período e deixaram sua marca, algumas saíram e retornaram e tem algumas que continuam na caminhada deste o início. Quantos municípios, órgãos, entidades,  prefeitos, secretários, coordenadores municipais, coordenadores escolares, professes, alunos e familiares participaram dessa caminhada! Somos gratos a todos/as. Muito obrigado! Sigamos na luta!   



terça-feira, 9 de outubro de 2018

ESTUDANTES NORDESTINOS CONQUISTAM QUASE 80% DAS MEDALHAS DA OLIMPÍADA NACIONAL DE HISTÓRIA DO BRASIL (ONHB)

A Região Nordeste foi destaque na Olimpíada Nacional de História do Brasil (ONHB). Das 75 medalhas da olimpíada, os estudantes nordestinos levaram para casa nada menos do que 59 (78,67%).

Os estudantes cearenses se destacaram,  mais uma vez, no certame nacional. De cada 3 medalhas da ONHB, uma ficou com o Ceará, que teve o maior número de  medalhistas (25), seguido de Pernambuco (15), Rio Grande do Norte (13), São Paulo (10) e Bahia (4), de acordo com informações da Carta Campinas.  

sábado, 22 de setembro de 2018

ADOLESCENTES PROMOVERÃO OFICINAS SOBRE TRABALHO INFANTIL NAS ESCOLAS DE CAMAÇARI-BA


Aconteceu, nesta sexta-feira (21/9), a primeira oficina de adolescentes sobre trabalho infantil em Camaçari-BA. O evento teve por objetivo formar alunos para atuar como multiplicadores das ações de conscientização em suas escolas. A Oficina foi moderada, de Fortaleza, por videoconferência, pelo Procurador do Trabalho Antonio de Oliveira Lima, Coordenador Geral do Peteca e Mobilizador Nacional dos Comitês de Adolescentes.  Participaram da oficina  cerca de 20 estudantes, todos membros do Comitê Municipal de Adolescentes pela Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Comapeti) de Camaçari-CE. 
O projeto faz parte da mobilização nacional dos adolescentes iniciada no Ceará, em março de 2016, quando foi criado o primeiro  Comitê Estadual (Ceapeti-CE). Em setembro de 2017, com a criação do Comitê Nacional (Comapeti), a experiência começou a ser replicada nas demais unidades de Federação. Dos 26 estados brasileiros, em pelo menos 13 já existem comitês formados. Em alguns municípios, inclusive capitais de estado, já existem comitês municipais. É o caso de como Fortaleza, Macapá, Teresina e Aracaju.   O Comitê Comapeti) de Camaçari-BA foi criado no dia 19.7.2018. A iniciativa, tanto da criação quanto do funcionamento do comitê, conta com a parceria da Secretaria Municipal de Educação local.
Por ocasião da oficina os adolescentes foram divididos em quatro grupos. Cada grupo abordou um tema sobre trabalho infantil. Os temas abordados foram: conceito, causas, consequências e políticas públicas. Após os trabalhos dos grupos, cada equipe apresentou os resultados dos debates na Plenária. 
A oficina faz parte do Plano de Ações do Comitê, aprovado para o ano de 2018. O próximo passo será a realização de oficinas nas escolas, promovidas pelos próprios adolescentes, com apoio dos respectivos gestores escolares (diretoras/es e coordenadoras pedagógicas/as).
O Comitê vai elaborar uma agenda para realização de oficina, começando pelas escolas onde estudam seus membros. Para tal fim os membros do Comitê foram divididos em 4 grupos, levando em consideração a proximidade entre as escolas ondem estudam, para facilitar os deslocamentos nos dias das oficinas. Os grupos foram formados com os seguintes membros:


GRUPO 1 


1- Alexy Rodrigues Brasil Santiago (Escola Virgínia Reis Tude)

2- Fernando Francisco Silva dos Santos (Escola Cosme de Farias)
3- Leonarda Isabel de Oliveira (Escola Cosme de Farias)
4- Luciano Oliveira Dias (Escola Creuza Maria de Carvalho Moreira)
5- Manuela Accioly Silva (Escola Creuza Maria de Carvalho Moreira)
6- Manuela Assum de Carvalho (Escola Virgínia Reis Tude)
7- Renato Vitor (Escola Eustáquio Alves Santana) 


GRUPO 2

1- Helton Santos de Sousa – Tom (Escola Edgar Santos)

2- Stefani Smith (Escola São Thomaz de Cantuária)
3- Tânia Maria Lima dos Santos (Escola São Thomaz de Cantuária)

GRUPO 3 
1- Camila Vitória Santana Gomes (Centro Educacional Tancredo Neves)
2- Isabella Paixão de Souza (Centro Educacional Marques de Abrantes)
3- Kelwin das Virgens Lopes (Escola Catu De Abrantes)
4- Thiago Carneiro Nunes (Centro Educacional Marques de Abrantes) 

GRUPO 4
1- Carla Maria De Sousa Carvalho (Escola Lídia Coelho Pinto)
2- Cassiane da Silva (Centro Educacional Darcy ribeiro)
3- Ellen maia dias dos santos (Escola Amélia Rodrigues)
4- Eric Ubirajara Cardoso dos Reis (Escola Lídia Coelho Pinto)
5- Erik Amorim Mendes (Centro Educacional Darcy ribeiro)
6- Pedro Henrique Ramos de Godoy – Gaúcho  (Escola Lídia Coelho Pinto)
7- Victor (Escola Amélia Rodrigues)


Imagens da Oficina












segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Filho de lavradores e quilombola, João será médico do seu povoado, em Simão Dias-SE. Uma história de superação e muita emoção.

João Costa, de 24 anos, é uma verdadeira história de superação, pra inspirar! Quilombola, como se auto intitula, ele acaba de concluir os estudos de medicina, é o novo médico do Povoado Sítio Alto, em Simão Dias, Sergipe. 
“Negro, quilombola, filho de lavradores, nascido e criado na roça, filho do meio e integrante de uma família humilde composta por 11 irmãos e rodeada pela pobreza, chego ao fim de uma enorme batalha!”, conta o jovem, que estou na UFS – Universidade Federal de Sergipe. 
João se formou no último dia 28 de agosto, na primeira turma de Medicina do campus de Lagarto da UFS. E se orgulha muito disso.

Quando faltavam 100 dias para se formar, João contou um pouco de sua história para o Lagartense.com.br. Em seguida a matéria repercutiu em vários jornais e sites,  como razoesparaacreditar.com e sonoticiaboa.com.br. No ultimo domingo, 16, a historia de João foi matéria do Fantástico

sábado, 15 de setembro de 2018

Caravana contra o Trabalho Infantil no Município de Itamaraju-BA



O Município de Itamaraju-BA está realizando uma série de atividades voltadas para a prevenção e erradicação do trabalho infantil na zona rural, em forma de caravana. A ação conta com participação dos técnicos dos programas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Durante a caravana são realizadas panfletagens, palestras na barraca do Peti e atividades lúdicas sobre o tema trabalho infantil.

Seguem, abaixo, algumas imagens da caravana, autorizadas pelos pais das crianças e adolescentes que aparecem nas fotos,  encaminhadas pelo Diretor do Bolsa Família, Paulinelli Santhiago Dias Cardoso, que também auxilia nas ações do Peti no Município. 

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

FINALISTAS DO PRÊMIO PETECA 2018 - NÍVEL III (8º e 9º ANOS)

MODALIDADE
MUNICÍPIO
ESCOLA
TÍTULO DO TRABALHO

CONTO
FORTIM
EEF EDSON BARBOSA
MEUS CACOS DE VIDRO
GRANJA
EEF CÓRREGO DO LINO
UM AMOR GIGANTE PODE LIBERTAR
SENADOR POMPEU
ESCOLA MELVIN JONES
MEU LIXO, MINHA VIDA


MODALIDADE
MUNICÍPIO
ESCOLA
TÍTULO DO TRABALHO


DESENHO
BARROQUINHA
EEF SANTA ADELAIDE
A PONTE DE UM FUTURO MELHOR
FORTALEZA–DE 1
ESCOLA MUNICIPAL FREI LAURO SCHWARTZ
TRABALHO INFANTIL N - A - O - ~
JAGUARIBE
EEF ALICE DIOGENES PINHEIRO
INFÂNCIA PERDIDA


MODALIDADE
MUNICÍPIO
ESCOLA
TÍTULO DO TRABALHO

ESQUETE TEATRAL
BEBERIBE
EMEF DESEMBARGADOR PEDRO DE QUEIROZ
ERA UMA VEZ NUNCA MAIS
JAGUARUANA
EEF RAIMUNDO FARIAS
UM CORRETIVO NO TRABALHO INFANTIL
JUCÁS
EEIEF MARIA AUREA LEAL RODRIGUES GUERRA
CRIANÇA QUE VIVE BRINCANDO CRESCE SONHANDO


MODALIDADE
MUNICÍPIO
ESCOLA
TÍTULO DO TRABALHO

POESIA
BEBERIBE
EMEF SÃO BERNARDO
INFÂNCIA MALTRATADA
FORTIM
EEF JOÃO NOBERTO
PAPAI, ONDE ESTÃO OS LIVROS?
VIÇOSA DO CEARÁ
EEF JOSIAS VIEIRA DA SILVA
CRIANÇA, SONHO DE PROTEÇÃO

MODALIDADE
MUNICÍPIO
ESCOLA
TÍTULO DO TRABALHO

CURTA-METRAGEM
BARROQUINHA
EEF SANTA ADELAIDE
UMA NOVA ESPERANÇA
EUSÉBIO
EEF JOÃO DE FREITAS
A EMOCIONANTE HISTÓRIA DE YURI E IGOR
SÃO BENEDITO
EMEB SÃO BENEDITO
CONSTRUINDO UM SONHO


MODALIDADE
MUNICÍPIO
ESCOLA
TÍTULO DO TRABALHO

MÚSICA
ARACATI
EEF FRANCISCO AMARAL LIMA
POR ESTA CAUSA
CRATO
EMEIF PROFESSOR JOSÉ DO VALE ARRAES FEITOSA
DIREITO DE INFÂNCIA
QUIXERAMOBIM
EEF ZILÁ ZILDA CARNEIRO
VAMOS SER MAIS CONSCIENTES


· Foram selecionados 3 trabalhos por modalidade.
· Os nomes dos municípios aparecem em ordem alfabética. 
· Os trabalhos finalistas serão apresentados no dia 20/9/2018 das 8h às 12h, no Cuca do Mondubim, em Fortaleza.
· As apresentações serão realizadas na ordem em que aparecem na tabela acima.


Fortaleza, 14 de setembro de 2018

Antonio de Oliveira Lima
Procurador do Trabalho
Coordenador Geral do Peteca